top of page
  • Foto do escritorSaquarema da Informação

SAQUAREMA, SEUS DISTRITOS, SEUS TOPÔNIMOS

Saquarema, Socó-rema, outrora a maior povoação dos índios Tamoios, tem seu nome originário do termo Tupi “Socó-Rema”, ave pernalta abundante na lagoa.

O município de Saquarema se divide em três distritos: Saquarema sede, chamada carinhosamente por seus habitantes de Vila, Bacaxá, e Sampaio Corrêa.

A Vila é onde se concentram suas belíssimas praias, suas lagoas, a sede da Prefeitura, a Câmara Municipal, o Fórum, a Casa de Cultura Walmir Ayala, o Teatro Mário Lago, e os mais variados tipos de restaurantes, onde o peixe é sempre o prato principal.

Não podemos deixar de mencionar a Igreja Matriz de Nossa Senhora de Nazareth.

Bacaxá é sem dúvida o centro comercial e nervoso do município. Em tupi quer dizer “fruta assada”. O fator determinante para o início de sua vocação comercial, foi sem dúvida, a proximidade com a RJ 106, principal estrada que liga a Capital aos municípios da Região dos Lagos, e anterior a isto, a ligação ferroviária Niterói – Bacaxá, feita em 1913 pelos trens da ferrovia da Estrada de Ferro Maricá.

Sampaio Corrêa, seu nome se deve ao Senador, Engenheiro, Jornalista, Professor, Industrial, José Mattoso Sampaio Corrêa, proprietário das terras da usina de açúcar Santa Luiza.

Criada em 1936, no governo Vargas, a S/A Agrícola Santa Luiza chegou a produzir e exportar um milhão de sacas de 60 kg de açúcar em seus tempos áureos. Sendo fundada pelo médico e senador alagoano Dr. Durval Rodrigues da Cruz.

Retornando ao primeiro distrito, onde está localizada a praia de Itaúna. Do topônimo tupi, quer dizer “pedra negra”. Seu nome teve origem nas formações rochosas que adentram o mar, e cuja parte submersa, vista de longe, aparece como uma sombra escura.

É a praia preferida dos surfistas, que veem nela uma semelhança com as ondas das praias do Havaí. Por causa de suas ondas perfeitas, Itaúna é considerada a Capital Nacional do Surf.

Boqueirão, bairro também do primeiro distrito, deve seu nome ao acidente geográfico que nele ocorre, com o estreitamento da lagoa e a formação do canal que liga a Lagoa de Saquarema à Lagoa de Jaconé.

Jaconé, bairro pertencente ao terceiro distrito, Sampaio Correa, deve seu nome a uma palavra de origem tupi, significa “jacu fedorento”. “Jacu”, ave habitante da lagoa, “Né”, fedorento.

Já a Ponte do Girau, tem seu nome baseado em uma herança da primitiva ponte ali feita ao estilo dos giraus dos caçadores. Ou seja, paus toscos fincados e amarados com cipós. Só muito mais tarde foi construída a atual com cimento armado. Os mais constantes frequentadores da Ponte do Girau, são os pescadores, que dela lançam suas tarrafas em busca de peixes, siris e camarões. A Ponte do Girau foi construída sobre um estreito canal, que liga o bairro do Gravatá ao bairro do Jardim.

Nos finais de tarde, seja qual for a estação do ano, da ponte do Girau pode-se apreciar um dos mais belos espetáculos da natureza, o Sol se escondendo na Lagoa de Saquarema, sob um céu das mais variadas cores. Um programa imperdível!!





Siga @rjsaquarema em todas as redes sociais.


Artigo da nossa colunista Tania Vidal


....................................................................


Colunista: @tvidal515


Fotos:

1- Arquivo Herivelto B. Pinheiro

2- Edmilson Soares

3- Arquivo @rjsaquarema

Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
bottom of page