top of page
  • Foto do escritorSaquarema Online

Saquarema realiza cadastro para programa Moeda Social Saquá

Começou nesta segunda-feira (24) o cadastramento para três benefícios sociais no município de Saquarema, na Região dos Lagos do Rio, entre eles o da Moeda Social Saquá.


Criada recentemente através da lei nº2.189, a moeda social vai oferecer R$ 300 mensais, em forma de créditos disponibilizados em aplicativo ou cartão magnético, para o cidadão utilizar em comércios credenciados no município.

Terão direito ao benefício pessoas que moram na cidade há mais de cinco anos e estão inscritas no Cadastro Único do Governo Federal e estudantes da rede pública de ensino que possuem CadÚnico e estudam no período da noite. Alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) ou do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) que são cadastrados no programa do Governo Federal também podem se inscrever.Começou nesta segunda-feira (24) o cadastramento para três benefícios sociais no município de Saquarema, na Região dos Lagos do Rio, entre eles o da Moeda Social Saquá.


O cadastro vai seguir um cronograma de acordo com a inicial dos nomes dos interessados. Ele deve ser feito das 9h às 16h nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) de Jaconé, Rio de Areia, Bonsucesso e Sampaio Corrêa.

Veja o cronograma completo:

  • 24 e 25/10: A, B e F

  • 26 e 27/10: C, D e E

  • 31/10 e 01/11: G, H, I, J e K

  • 03 e 04 /11: M, X, Y e Z

  • 07 e 08/11: L, N, O, P e Q

  • 09 e 10/11: R, S, T, U, V, W

Documentos necessários:

  • Original e xerox

  • RG

  • CPF

  • Comprovante de Residência que comprove cinco anos de moradia em Saquarema


Além do cadastro para a moeda social, o município também está fazendo a inscrição de moradores nos programas Renda Carinho de Mãe e no Renda Carinho Especial. Os benefícios são no valor de R$ 100.

O Renda Carinho de Mãe será oferecido para gestantes e puérperas, até que a criança complete um ano de vida. Já o Renda Carinho Especial é um benefício para pessoas com alguma deficiência. Para ter direito ao auxílio é preciso ter renda familiar de até três salários mínimos e ser morador do município.


O cadastro para esses programas também está sendo feito nos CRAS da cidade e seguindo o cronograma de acordo com as iniciais dos nomes.



Posts Em Destaque
Posts Recentes
bottom of page