top of page
  • Foto do escritorLuciene Santos

CULTURA CAIÇARA, RELIGIOSIDADE E TRADIÇÃO SE MISTURAM AS CELEBRAÇÕES DA SEMANA SANTA


Procissão de Ramos - Igreja de Nossa Senhora de Nazareth.


Estamos nos aproximando da Semana Santa, um período muito tradicional e repleto de significados, na Cultura Caiçara.


Saquarema possui uma tradicional celebração deste período e promete mais uma vez propagar a cultura caiçara, juntamente com a religiosidade e, por conseguinte, manter a tradição viva no município.


A Semana Santa é um período religioso do Cristianismo e do Judaísmo que celebra a subida de Jesus Cristo ao Monte das Oliveiras, a sua crucificação e a sua ressurreição.


Nos primórdios, os cristãos celebravam a Páscoa em apenas um dia. No século II passou-se a comemorar a Ressurreição de Cristo num determinado domingo. Foi utilizado o período da Páscoa judaica. Como Cristo ressuscitou num domingo, estabeleceu-se o primeiro domingo depois da primeira lua cheia da primavera para celebrar a Páscoa Cristã. Dois séculos depois os cristãos passaram a celebrar em três dias para vivenciar a Paixão, a morte e a ressurreição de Jesus Cristo. Na Sexta-Feira Santa para a morte de Cristo, o sábado para o luto e o Domingo para a ressurreição.


Cerimônias repletas de emoção e significado, que são vivenciadas desde a fundação de Saquarema, com forte influência Católica, como por exemplo a cerimônia do Beija-Mão, este ato ocorre na Sexta-feira Santa, ao entrar na Igreja, a Procissão do Senhor Morto ou Procissão do Enterro, quando o esquife contendo a imagem do Senhor Morto é colocado em cima de uma Eça funerária, iniciando a cerimônia do Beija-mão pelos fiéis. O Canto da Verônica, a Banda de Música com as marchas fúnebres e os personagens históricos representados na Procissão do Enterro, são outras passagens que causam emoção ao relembrar o sepultamento de Jesus.


Outra festividade muito tradicional no município é a Festa do Divino Espírito Santo, que ocorre cinquenta dias após a Páscoa e que constitui uma grandiosa manifestação popular e cultural, com a Folia do Divino.


Mas não só de celebrações religiosas vive a relação da Cultura Caiçara com os festejos da Semana Santa. A culinária tem seu destaque, com pratos típicos que unem as referências indígenas e portuguesas, fonte do povo caiçara.


É neste período que as famílias celebram reunidas, com mesa farta, com Caldeiradas de peixes e frutos do mar, na Sexta-feira Santa e canjica de milho branco e leite, que pode ser acompanhada por amendoim ou não, dependendo da tradição da família.


Que nossas tradições e histórias renasçam!


Boa Páscoa a todos!


....................................................................


Colunista: @luhsantos.oficial


Foto: Procissão de Ramos - Igreja de Nossa Senhora de Nazareth.


Siga @rjsaquarema em todas as redes sociais.




Posts Em Destaque
Posts Recentes
bottom of page