top of page
Buscar
  • Foto do escritorTania Vidal

CASA DE CULTURA WALMIR AYALA



Situada entre o mar e a lagoa, surge a Vila de Saquarema. Famosa por sua exuberante natureza, mas também pelas histórias escondidas em seu calçamento de paralelepípedos, ou em seu casario do Centro Histórico.

Em um destes casarões construídos na segunda metade do século XIX, doado pelo Barão de Saquarema em 1841, foi a primeira sede da Câmara Municipal da cidade de 1841 até 1978. A partir de 1923, foi também a sede da Prefeitura Municipal. Com a construção do novo prédio da Prefeitura em 1981, o antigo casarão ficou sem utilidade.

Em 1997 sofreu uma reforma e passou a abrigar a Casa de Cultura Walmir Ayala, poeta, romancista, memorialista, teatrólogo, ensaísta, crítico literário e crítico de arte, que escolheu e adotou Saquarema como lar.

O histórico casarão já abrigou a Biblioteca Pública José Bandeira, nome dado em homenagem ao poeta José Bandeira, autor do Hino de Saquarema. E também o acervo do Patrono da casa, o escritor Walmir Ayala.

O acervo da Biblioteca José Bandeira, encontra-se guardado no Centro Cultural, onde dentre outros projetos, funcionará a Biblioteca José Bandeira.

Atualmente é a sede da subsecretaria de Cultura, e palco de exposições temporárias de artesãos e artistas saquaremenses, com o objetivo de difundir ainda mais o potencial cultural do município.

Recentemente o público pode conferir duas destas exposições: “Janelas Criativas”, evento este realizado em parceria com o SEBRAE, que reuniu vinte artesãs do município. E também “Verão das Artes”, reunindo trinta artesãos do município.

A Casa de Cultura Walmir Ayala funciona de segunda a sexta das 9:00 às 17:00 horas.

Vale a pena conferir.


....................................................................


Colunista: @tvidal515


Foto: @rjsaquarema


Siga @rjsaquarema em todas as redes sociais.





Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
bottom of page